Bursite pré-patelar







A parte anterior da patela é protegida pela bursa, localizada entre o osso e a pele que o cobre. A bursa quando está inflamada, fica edemaciada e forma uma grande protuberância ovóide sobre a patela. A bursa é lesada como efeito cumulativo da repetida pressão na parte anterior do joelho, por exemplo, ficar ajoelhada por muito tempo.

ETIOLOGIA

1. Microtrauma de repetição;
2. Trauma direto;
3. Atrito excessivo (permanecer por muito tempo ajoelhada);
4. Infecção (AR / Gota).

SINAIS E SINTOMA

1. Dor ao movimento e a palpação;
2. Tumefação ovóide e flutuante.

OBS: Se não for tratada, pode causar aderência.


TRATAMENTO

Clínico:
* Cirurgia no caso de haver aderência;
* Antiinflamatório;
* Infiltração.

Fisioterápico:
Pré-cinético:
* Crioterapia
* Calor úmido superficial
* Laser AsGa
* Iontoforese
* Contraste

Cinético:
* Repouso relativo (exemplo: joelheira de neoprene);
* Mobilização;
* Alongamento;
* Na evolução do tratamento, realizar exercícios ativos.

OBS: As bursites mais comuns do joelho: além da pré-patelar, já abordada temos a suprapatelar, infrapatelar e pata anserina.



Capacite-se para atender melhor os pacientes:
  • Anamnese - Passo a Passo para uma boa avaliação
  • Combo Joelho e Quadril - Cursos Online
  • Exercício para Ganho de Força Muscular: Prescrição Terapêutica

  • Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

    Quer anunciar neste blog?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

    Quer sugerir uma pauta?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

    Poste um Comentário

    Tecnologia do Blogger.