Séculos atrás , Hipócrates (séc.V AC) fez a primeira descrição sobre o problema da escoliose. Ambrose Paré (1510-1590) associou a escolios...

Os sintomas e tratamento da escoliose









Séculos atrás , Hipócrates (séc.V AC) fez a primeira descrição sobre o problema da escoliose. Ambrose Paré (1510-1590) associou a escoliose congênita a maus hábitos posturais. Em 1895, graças a evolução da medicina e o advento dos raios-x, múltiplos fatores passaram a ser melhor analisados sobre esta patologia. Em 1948, John Cobb empregou o método de mensuração da escoliose que é utilizado até hoje.
A coluna vertebral vista de perfil apresenta suas regiões de curvatura chamadas de cifose e lordose. Quando olhada de frente, ou de costas, ela precisa estar reta. A escoliose é descrita simplesmente como o desvio lateral do eixo vertebral da coluna (figura abaixo) quando vista de costas.

Há diversas propostas de classificação da escoliose:

Idiopática: Aproximadamente 80% dos casos, são as que não tem causa definida;
Pós traumáticas: desenvolvida graças a um trauma sofrido ( acidente, queda, fratura);
Neuro-Muscular: geralmente conseqüências de distúrbios neurológicos ( distrofias, miotonias, hipotonias);
Congênitas ou Infecciosas: Mal de Pott, tumoral, síndrome de Marfan e de Ehlers-Danlos;

Diagnóstico

O diagnóstico é bem simples. No exame físico é notável o desvio tanto da coluna, como em alguns casos das costelas e diferença de altura do ombro. Para fechar o diagnóstico usa-se o teste de ADAM e raios-x com a mensuração do ângulo de Cobb e sinal de Risser.

Sintomas

Os sintomas dolorosos geralmente não aparecem durante a adolescência, mas é comum na fase adulta. A queixa mais comum de pais e pacientes são devido à aparência com deformidades.

Tratamento

O tratamento é longo e difícil. Principalmente porque a maioria dos casos é de causa desconhecida. O paciente deve estar assessorado com uma equipe multidisciplinar com médicos, fisioterapeutas e psicólogos.

Por se tratar de um problema da coluna, a osteopatia pode oferecer um alívio da dor e correção da estrutura através de técnicas de manipulação. Com ênfase especial à mecânica do corpo, a osteopatia tende a restabelecer a harmonia entre todas as estruturas que sustentam a coluna, e ao longo das sessões devolverem o equilíbrio da coluna ao seu eixo natural.

Uma boa opção para o tratamento da escoliose são o RPG associado as palmilhas posturais, pois elas atuam no pé, ajudando o seu corpo a reprogramar sua postura com estímulos nas plantas dos pés.

Está com dor e tem escoliose? Complete seu tratamento com seu  osteopata de confiança, ele saberá te ajudar !


Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter



Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Através deste curso, você terá acesso aos mais atuais protocolos de Avaliação e Tratamento da chamada Fisioterapia Contemporânea, dentre eles: Termografia Clínica, Análise computadorizada de biomecânica, Estabilização segmentar, ventosaterapia, pilates e liberação miofascial. Clique aqui

O curso de Fisioterapia Ortopédica e Traumatológica contém informações detalhadas sobre o funcionamento e composição do sistema musculoesquelético, os tipos de lesões que podem afligi-los e as formas de tratamento. Clique aqui
>

Poste um Comentário

Faça Fisioterapia