Cada vez mais surgem novas técnicas que possibilitam práticas médicas e cirúrgicas menos invasivas, ou seja, menos traumáticas ao paciente...

Artroscopia de tornozelo








Cada vez mais surgem novas técnicas que possibilitam práticas médicas e cirúrgicas menos invasivas, ou seja, menos traumáticas ao paciente. A artroscopia do tornozelo é uma delas.

Mas o que é artroscopia? O cirurgião de pé e tornozelo, Marco Túlio Costa, explica que o termo artroscopia significa "olhar dentro da junta". "Através de um instrumento do tamanho de uma caneta dotado de sensor ótico pode-se, literalmente, entrar na junta do tornozelo por meio de cortes pequenos".

O exame artroscópico permite ao médico cirurgião fazer uma inspeção direta e minuciosa em toda superfície articular, através de uma pequena incisão. "Antes para fazer uma cirurgia no tornozelo eram necessários grandes cortes para corrigir o problema. Hoje, com a artroscopia, consegue-se percorrer toda a região por pequenas incisões. Por isso a morbidade torna-se menor e a recuperação mais rápida", assegura Marco Túlio.

Segundo ele, a técnica é utilizada tanto para diagnóstico como para tratamento de diversas patologias que atingem a região do tornozelo, entre elas a lesão osteocondral (cárie nas cartilagens), a sinovite (inflamação interna do tornozelo) e também o pé diabético, que é muito comum. "Essa doença tira a sensibilidade do pé fazendo o paciente a desenvolver lesões".

Marco Túlio Costa ressalta, mais uma vez, o fator não invasivo. "A artroscopia possibilita uma melhor recuperação ao paciente devido ao pequeno porte das incisões. Um pós-operatório rápido e menos traumático é essencial para a qualidade de vida da pessoa que faz o tratamento", conclui o cirurgião.



Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter



Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Através deste curso, você terá acesso aos mais atuais protocolos de Avaliação e Tratamento da chamada Fisioterapia Contemporânea, dentre eles: Termografia Clínica, Análise computadorizada de biomecânica, Estabilização segmentar, ventosaterapia, pilates e liberação miofascial. Clique aqui

O curso de Fisioterapia Ortopédica e Traumatológica contém informações detalhadas sobre o funcionamento e composição do sistema musculoesquelético, os tipos de lesões que podem afligi-los e as formas de tratamento. Clique aqui
>

Poste um Comentário

Faça Fisioterapia