Pilates e a Escoliose









O Pilates trabalha o corpo de uma forma global, enfatizando os princípios básicos, dentre eles: respiração, posicionamento da pelve, posicionamento da caixa torácica, movimentação e estabilização da cintura escapular e posicionamento da cabeça e coluna cervical. Trazendo essa consciência ao praticante, fará com que se habitue a posturas mais adequadas no seu dia-a-dia, aliviando dores nas costas e amenizando o desvio da escoliose.

A escoliose idiopática (estrutural) é uma alteração tridimensional da coluna vertebral, sua etiologia ainda é desconhecida e seu início ocorre na puberdade, tendo seu grande momento de progressão associado ao estirão de crescimento. A prevalência de escoliose em adolescentes varia de 1 a 3% da população, sendo as meninas mais afetadas que os meninos.. É caracterizada pela presença de uma proeminência rotacional no lado convexo da curva. Nessa condição, as vértebras são rodadas no sentido da convexidade, que é melhor visualizada quando o paciente realiza flexão anterior de tronco, causando uma gibosidade.

Curso excelente de Pilates nas Escolioses

É comum as crianças desenvolverem algum tipo de desvio na coluna, porém, dores são mais comuns na fase adulta, principalmente se não forem adotados hábitos e tratamentos adequados. Mudar os hábitos e incluir exercícios físicos entre as atividades de rotina ajudam a amenizar esse problema e evitar dores.

Veja abaixo alguns problemas posturais:

- Praticante que trabalha em frente ao computador;
- Quando o praticante permanece por horas no trânsito, com o banco ajustado inadequadamente para uma postura correta;
- Quem suporta muito peso nas costas (em bolsas ou mochilas cheias).

Esses definitivamente são hábitos que podem agravar o desenvolvimento de escoliose! Por tanto se você se encaixa em um dos perfis acima citados, procure mudar sua rotina postural.

A técnica do Pilates ajuda a evitar lesões na coluna e prevenir doenças. No Pilates conseguimos um treinamento muscular mais específico em aulas personalizadas. Trabalhamos com a estabilização da coluna, que é o fortalecimento dos músculos profundos, responsáveis por manter as vértebras e seus componentes articulares na posição correta.

O Pilates é um excelente exercício para a escoliose, pois trabalha o fortalecimento, alongamento e equilíbrio corporal. Isso melhora o alinhamento vertebral, reduzindo as tensões musculares e as compressões discais com a flexibilidade que o corpo ganha. Como método de reabilitação para escoliose baseia-se no grau da lesão, na intensidade dos sintomas, nos fatores adicionais a esta lesão e na capacidade de execução dos exercícios pelo paciente. Não deve haver sobrecarga ou dor, nem durante, nem após a execução.



Capacite-se para atender melhor os pacientes:
  • Anamnese - Passo a Passo para uma boa avaliação
  • Combo Joelho e Quadril - Cursos Online
  • Exercício para Ganho de Força Muscular: Prescrição Terapêutica

  • Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

    Quer anunciar neste blog?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

    Quer sugerir uma pauta?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

    Poste um Comentário

    Tecnologia do Blogger.