Quais são os 5 tipos de ossos?


>





Os ossos são formados por um tipo especial de tecido conjuntivo, o tecido ósseo, que possui uma matriz intracelular mineralizada. Esse tecido, apesar do que muitos pensam, é formado por células vivas: os osteoblastos, osteoclastos e osteócitos. O primeiro grupo de células é responsável pela síntese da matriz óssea. Os osteoclastos atuam na reabsorção óssea. Já os osteócitos estão relacionados com a manutenção da matriz e reabsorção quando estimulados pelo hormônio da paratireoide.



Didaticamente, costuma-se classificar os ossos de acordo com a sua forma em cinco tipos principais: longos, curtos, planos, irregulares e sesamoides. Observe a seguir as principais características de cada tipo:

Ossos longos: Esses ossos apresentam maior comprimento em relação à largura e espessura. Dentre os exemplos de ossos longos, podemos citar o fêmur e a ulna.

Ossos curtos: Todas as dimensões (comprimento, largura e espessura) são equivalentes. Dentre os exemplos, podemos citar o tarso e o carpo.

Ossos planos ou laminares: Possuem pequena espessura e comprimento e largura equivalentes. Como exemplo, podemos citar os ossos do crânio.

Ossos irregulares: Esse tipo não apresenta uma forma geométrica definida. Como exemplo, podemos citar as vértebras.

Ossos sesamoides: Esse tipo de osso é pequeno e arredondado. O principal osso sesamoide é a patela.

Esses diferentes tipos de ossos estão ligados uns aos outros por meio das articulações ósseas, que podem ser móveis, como as do joelho, ou não permitirem a movimentação (fixas), como as articulações dos ossos do crânio.

Quais são os 5 tipos de ossos? Quais são os 5 tipos de ossos? Revisado by Faça Fisioterapia on 16:20 Nota: 5