Inervação da mão


>




A mão se caracteriza por urna concentração muito grande de estruturas em espaço exíguo, de modo que um traumatismo pode lesar grande número de estruturas.
E parte importante da semiologia avaliar a integridade das estruturas vasculonervosas e tendinosas. 

A palma da mão é inervada pelo ulnar na região hipotenar, 5° dedo e metade ulnar do 4° dedo. A área restante é inervada pelo mediano. O nervo radial provê inervação cutânea de parte do dorso da mão. principalmente do primeiro espaço.

O ulnar inerva o flexor ulnar do carpo e metade do flexor profundo dos dedos. Na mão, inerva os hipotenares, todos os interósseos, os dois lumbricais ulnares e o adutor do polegar. 

O mediano inerva todos os músculos pronadores do antebraço, flexores do punho e flexores extrínsecos dos dedos, com exceção do flexor ulnar do carpo e a metade ulnar flexor profundo dos dedos. Na mão, inerva os músculos tenares, primeiro e segundo lumbricais. 

O radial inerva todos os músculos extensores e supinadores do antebraço.

Share on Google Plus

About ADMIN

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment