Fisioterapia na Coluna: Má Postura









Resultado de imagem para coluna


Também chamada dorso curvo. A quantidade de inclinação pélvica é variável, mas geralmente ocorre um deslocamento de todo o segmento pélvico anteriormente resultando em extensão do quadril, e deslocamento do seguimento torácico posteriormente resultando em flexão do tórax na coluna lombar superior. Isso resulta em aumento da lordose na região lombar inferior, cifose aumentada na região torácica inferior e geralmente protração da cabeça. A posição da coluna lombar média e superior depende da quantidade de deslocamento do tórax. Quando a pessoa fica em pé por períodos prolongados, geralmente assume um apoio assimétrico no qual a maior parte do peso fica sobre um dos membros inferiores, com mudanças periódicas do peso para o membro oposto.

a) Fontes potenciais de dor

(1) Sobrecarga nos ligamentos iliofemorais, no ligamento longitudinal anterior da coluna lombar superior, e no ligamento longitudinal posterior da coluna lombar superior e torácica. Com posturas assimétricas ocorrem também sobrecargas no trato iliotibial no lado do quadril elevado. Outras assimetrias no plano frontal podem também estar presentes.

(2) O estreitamento do forame intervertebral na coluna lombar inferior pode comprimir os vasos sanguíneos, dura e raízes nervosas, especialmente em condições artríticas;

(3) Aproximação das facetas articulares na coluna lombar inferior.


b) Desequilíbrios musculares observados

(1) Músculos abdominais superiores retraídos (segmentos superiores do reto abdominal e oblíquos), intercostal interno, extensor do quadril e músculos extensores da região lombar inferior e fáscia relacionada.

(2) Músculos abdominais inferiores alongados e fracos (segmentos inferiores do reto abdominal e oblíquos), músculos extensores da região torácica inferior e músculos flexores do quadril.

c) Causas comuns

Como o nome indica, é uma postura relaxada na qual os músculos não são usados para dar suporte. A pessoa rende-se totalmente aos efeitos da gravidade, e somente as estruturas passivas no final da amplitude de cada articulação (como ligamentos, cápsulas articulares e aproximações ósseas) provêen estabilidade. As causas podem ser uma atitude assumida (a pessoa sente-se confortável quando desleixada), fadiga (vista quando alguém precisa ficar em pé por períodos prolongados), fraqueza muscular (a fraqueza pode ser a causa ou efeito da postura) ou um programa de exercícios mal-elaborado (que enfatiza a flexão torácica).


Capacite-se para atender melhor os pacientes:
  • Anamnese - Passo a Passo para uma boa avaliação
  • Combo Joelho e Quadril - Cursos Online
  • Exercício para Ganho de Força Muscular: Prescrição Terapêutica

  • Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

    Quer anunciar neste blog?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

    Quer sugerir uma pauta?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

    Poste um Comentário

    Tecnologia do Blogger.