Lesões da articulação acrômio-clavicular


>




O que é a articulação acrômio-calvicular (ACC)?
É uma das articulações do ombro, em que a clavícula se junta com a escápula. A parte específica da escápula, que se articula com a clavícula, é chamada de acrômio, o que explica o nome desta articulação.

Que tipos de problemas ocorrem na ACC?
Os mais comuns são artrose, fraturas e luxações (separações). Artrose é a perda da cartilagem da articulação, caracterizada por dor e inchaço, especialmente com a atividade física. Com o tempo estas alterações avançam, levando a deformidade da articulação. O movimento de cruzar o braço em frente ao corpo agrava os sintomas. Também aumenta a dor nos movimentos de apoio ao solo. Artrose da ACC pode estar associada a problemas no manguito rotador.

Como se trata a artrose da ACC?
Atualmente, não há nenhum método para se repor a cartilagem danificada pela artrose. Portanto, o principal é controlar os sintomas através da modificação da atividade física, para não agravar a condição do desgaste. Aplicação de gelo ajuda a diminuir a dor e a inflamação. Medicações incluem analgésicos e antiinflamatórios, e eventualmente infiltração com corticóide.

O que pode ser feito se o tratamento não funcionar?
Cirurgia pode estar indicada se o tratamento medicamentoso não funcionar. Já que a dor é causada pelas duas extremidades ósseas em contato direto, sem a proteção adequada da cartilagem, o tratamento cirúrgico consiste na remoção de parte da extremidade da clavícula. Pode ser feita com uma pequena incisão de 2-3 cm ou através de artroscopia. Os resultados são semelhantes com as duas técnicas cirúrgicas. A maioria dos pacientes terão mobilidade completa em 6 semanas e retornam ao esporte em 12 semanas.

O que é luxação da ACC?
Na luxação (separação) ocorre lesão dos ligamentos que conectam a clavícula ao acrômio, e os dois ossos não estão mais alinhados perfeitamente. A separação pode ser desde leve a completa. Os graus das luxações dependem de quais ligamentos estão rompidos e quanto rompidos se encontram.
Grau I – pouca lesão ligamentos, não há separação dos ossos.
Grau II – ruptura parcial dos ligamentos, não completa. Ao esforço, articulação apresenta dor e instabilidade.
Grau III – ligamentos completamente rompidos, com separação completa dos ossos, e deformidade visível.

Qual o tratamento para a luxação ACC?
Pode ser uma situação muito dolorosa, então o primeiro passo é diminuir a dor. Colocar o braço numa tipóia e utilizar gelo, 20 a 30 minutos a cada 2 horas. Analgésicos e antiinflamatórios são utilizados. Assim que a dor diminuir deve iniciar movimentos com as articulações do ombro para evitar rigidez da articulação. Estas orientações devem ser recomendadas por um médico. O tempo necessário para se recuperar a mobilidade e a função da articulação varia conforme o grau da lesão. Recuperação da lesão grau I pode levar de 10 a 14 dias, enquanto uma lesão grau III pode levar de 6 a 8 semanas.

Quando a cirurgia está indicada?
Luxações grau I e II muito raramente são tratadas com cirurgia. Até mesmo lesões grau III podem ser tratadas sem cirurgia, com recuperação da função com leves restrições. Em alguns casos há uma saliência dolorosa no ombro que vai necessitar da ressecção parcial da extremidade da clavícula.

Fonte: American Orthopaedic Society for Sports Medicine.


Share on Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment