Conheça alguns dos diversos vilões da coluna vertebral


>





​Não há como negar que a Coluna Vertebral é  lesada em ações do cotidiano. Má postura, estresse, colchão inadequado e sedentarismo contribuem para problemas na estrutura óssea. Isso é uma preocupação constante para nós, fisioterapeutas.

 A nossa coluna começa a sofrer processos degenerativos a partir da segunda década da vida, devido à necessidade de compartilhar duas funções mecânicas antagônicas: sustentar o peso do tronco e ao mesmo tempo ser flexível.

Apesar disso, no fundo, nunca somos muito jovens para causar danos à coluna, de maneira que policiar hábitos é uma atitude que tem que ser implementada na infância e seguir conosco pela vida: geralmente são ações equivocadas que repetimos diariamente as que prejudicam mais o órgão.

Há alguns hábitos de vida que favorecem o aparecimento de problemas na coluna. Vamos falar de alguns:

Sedentarismo

A falta de atividade física prejudica o corpo todo, em verdade. O sedentarismo interfere no metabolismo do disco intervertebral, que precisa de movimento para manter o equilíbrio vital das células. Como a estrutura da coluna objetiva a facilitação do movimento, a ausência dele a acomoda, resultando em uma dor excruciante.

Para evitar isso, o jeito é se mexer. Atividades como caminhada, corrida, natação, dança, balé, musculação, equitação, ioga e pilates são alguns ótimos jeitos de cuidar da coluna - mas não sendo possível, qualquer outro exercício está valendo.

Má postura

O maior problema com a má postura é que ela vicia. O cérebro tem uma facilidade atroz de acostumar com uma postura inadequada e a correção é sempre difícil. A postura inadequada, seja no trabalho ou no lazer, acarreta sobrecarga nas regiões cervical, dorsal e lombar, predispondo processos inflamatórios e desgaste dos discos e articulações da coluna.

Crianças que passam grande parte do dia sentadas de forma errada na escola ou à frente do computador e video-game em casa, poderão carregar sequelas para o resto de suas vidas.

Fatores como calçados inadequados ou bolsas e mochilas muito pesadas também contribuem para a má postura. Não devemos transportar mais que 10% do nosso peso, no entanto, isto dificilmente é respeitado, principalmente na fase escolar. Assim como o corpo tem facilidade para se adaptar à postura ruim, ele também o faz com a boa, então se policiar é indispensável.

Estresse

De maneira geral, o estresse coloca o corpo em estado de alerta, o que acarreta a liberação de substâncias de reduzem a circulação sanguínea de maneira a facilitar uma fuga, caso necessária. Essa redução afeta diretamente a coluna.

Pessoas em situação de constante estresse tendem a apresentar dores articulares, na coluna e nos músculos. Pode-se afirmar que em 25% dos casos a causa única da dor na coluna é o estresse.

Viver tranquilo numa casa de praia não está ao alcance de todos, então vale se alimentar de forma balanceada, se exercitar, manter um sono regular e de qualidade e trabalhar o lado psicológico para ficar à mercê dos desafios do dia-a-dia.

Colchão inadequado

Cuidado com o lugar onde se deve passar 1/3 da vida. O colchão não pode ser nem duro demais - pois a coluna tem curvaturas próprias que necessitam se acomodar -, e nem mole demais - o que acaba criando pontos de pressão sobre a coluna. Com relação ao travesseiro, a dica é utilizar um cuja altura seja o comprimento do ombro ao pescoço.
Share on Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment