Músculos e Movimentos da Articulação Temporomadibular







Saiba como otimizar a rotina de um fisioterapeuta em 5 passos - Blog  FisioGestor

A articulação temporomandibular (ATM)  é a "junta" da mandíbula com o crânio, que pode ser apalpada logo à frente do ouvido. Essa articulação é responsável por permitir todos os movimentos da mandíbula e seu funcionamento se relaciona com vários sistemas do corpo como o mastigatório, o fonoarticulatório (da fala), o respiratório, o sistema postural e o vestíbulo coclear (que controla o equilíbrio e a audição).

A ATM se relaciona com alguns músculos, que tem função de elevação, protusão, desvio e outros. Estão nesse grupo:

Pterigoideo Lateral: É um músculo da mastigação muito importante na ATM.

Feixe superior:
Origem: asa maior do esfenoide.
Inserção: cápsula articular.

Feixe inferior
Origem: face lateral da lâmina lateral do processo pterigoide do osso esfenoide.
Inserção: fóvea pterigoidea da mandíbula.
Função: elevação, protrusão e desvio lateral.

Pterigoideo Medial: 

Origem: asa interna do processo pterigoideo.
Inserção: ângulo interno da mandíbula, medialmente a inserção do masseter.
Função: elevação e desvio lateral (unilateral)

Temporal: 

Origem: fossa temporal e superfície lateral do crânio.
Inserção: processo coronoide e borda anterior da mandíbula.
Função: elevação da mandíbula.

Masseter: 

Origem: arco zigomático.
Inserção: ângulo da mandíbula.
Função: elevação da mandíbula.

Aprenda mais sobre Fisioterapia na ATM com o Mini-Curso de Fisioterapia na ATM

Posturas da ATM e da mandíbula

  • Relação cêntrica: côndilo-disco está mais superior e anterior na fossa mandibular
  • Máxima intercuspidação habitual: dentes superiores contatam os inferiores
  • Repouso: dentes não estão em oclusão
  • Rotação: côndilos giram no seu longo eixo
  • Translação: côndilo caminha anteriormente
  • Abaixamento: abertura da boca
  • Protrusão e retrusão: boca para frente e para trás.

Movimentos 

1. Depressão mandibular (abertura da boca) e elevação mandibular (fechamento da boca):

Na depressão o côndilo gira em relação ao disco e o disco gira em relação à eminência.No final do movimento ocorre uma translação do côndilo e do disco juntos ao longo da eminência o que resulta numa abertura posterior no compartimento superior. Já na elevação da mandíbula ocorre o inverso, primeiro há translação posterior seguida pelo giro do côndilo posteriormente sobre o disco.

2. Protrusão mandibular (projeção do queixo para frente) e retrusão mandibular (deslizamento dos dentes para trás):

Durante a protrusão e retrusão o movimento é de translação e ocorre na articulação superior. O côndilo e o disco conjuntamente translacionam anterior e inferiormente ao longo da eminência articular na protração e posterior e superiormente na retração.

3. Desvio lateral da mandíbula (deslizamento dos dentes para ambos os lados).

No desvio lateral a mandíbula desloca-se em torno de um eixo vertical onde um côndilo gira e o outro translaciona para frente.

Os movimentos mandibulares são criados por combinações de rotação e deslizamento nas articulações superiores e inferiores. Sendo controlados pela delicada interação de muitos músculos.

Conheça o Mini-Curso de Fisioterapia na ATM




Capacite-se para atender melhor os pacientes:
  • Anamnese - Passo a Passo para uma boa avaliação
  • Combo Joelho e Quadril - Cursos Online
  • Exercício para Ganho de Força Muscular: Prescrição Terapêutica

  • Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

    Quer anunciar neste blog?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

    Quer sugerir uma pauta?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

    Poste um Comentário

    Tecnologia do Blogger.